Artigos

Poughkeepsie PF-26 - História

Poughkeepsie PF-26 - História


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Poughkeepsie

(PF-26: dp. 1.430-1. 304 ', b. 37'6 ", dr. 12', s. 20 k., Cpl. 180 a. 3 3", 6 40 mm., 9 20 mm., 8 dcp., 2 det., cl. Tacoma; T. S2-S2-AQ1)

Poughkeepsie (PF-26), uma fragata, foi designada para a Comissão Marítima em 3 de junho de 1943 por Walter Butler Shipbuilders, Ine., Superior, Wise .; lançado em 12 de agosto de 1943; patrocinado pela Sra. Frank M. Doran, e transferido para a Marinha e comissionado em 6 de setembro de 1944, Comdr. Q. M. Greeley, USCG, no comando.

Após a retirada das Bermudas, Poughkeepsie foi ao Estaleiro Naval da Filadélfia para verificar a disponibilidade de pós-retirada de 29 de outubro a 31 de janeiro de 1945. Durante fevereiro e março, ela fez uma escolta de comboio para a Baía de Guantánamo, em Cuba. Então, após o treinamento ASW na área de operação de New London no final de março, ela começou a patrulhar ASW e escoltar deveres ao longo da costa leste, operando entre Nova York e Norfolk até 3 de julho de 1945.

Estando fora do porto de Nova York em 9 de julho, a fragata transitou pelo Canal do Panamá, reportou-se ao Comandante da Frota do Pacífico para o serviço e pousou em Seattle, Washington, para se preparar para a transferência para a União Soviética. Alugada para os soviéticos em 2 de outubro de 1945, ela serviu sob a bandeira vermelha até 31 de outubro de 1949, quando foi devolvida aos Estados Unidos em Yokosuka, Japão.

Poughkeepsie permaneceu em Yokosuka em um status inativo até ser nomeado para transferência para SCAJAP em 23 de março de 1951 para tarefas de patrulha meteorológica. Transferida por empréstimo ao Japão em 14 de janeiro de 1953, a fragata foi rebatizada de Momi e iniciou suas operações sob a bandeira japonesa. Retirada do Registro Naval de Embarcação em 1º de dezembro de 1961, ela foi transferida para o Japão em 28 de agosto de 1962. Desativada em 1º de abril de 1965, ela foi usada como um navio de treinamento não operável nas docas até o início de 1969, quando foi transferida para a Coreia do Sul para canibalização.


Poughkeepsie PF-26 - História

O local de Poughkeepsie foi comprado dos nativos americanos em 1686 por Robert Sanders, um inglês, e Myndert Harmense Van Den Bogaerdt, um holandês nascido na Nova Holanda. Os primeiros colonos foram as famílias de Barent Baltus Van Kleeck e Hendrick Jans van Oosterom.

O assentamento cresceu rapidamente, e a Igreja Reformada de Poughkeepsie foi estabelecida em 1720. A comunidade foi separada da cidade de Poughkeepsie quando se tornou uma vila incorporada em 27 de março de 1799.

A cidade de Poughkeepsie foi fundada em 28 de março de 1854. Fora das designações municipais, a cidade e a cidade de Poughkeepsie são geralmente vistas como um único lugar e são comumente chamadas coletivamente de Poughkeepsie, com uma população atual combinada de aproximadamente 75.000.

Separada da batalha durante a Revolução Americana, Poughkeepsie se tornou a segunda capital de Nova York. Em 1788, a Convenção de Ratificação do Estado de Nova York, que incluía Alexander Hamilton, John Jay e George Clinton, reuniu-se no tribunal na Market Street, debateu e ratificou a Constituição dos Estados Unidos. Com a sua ratificação, Nova York entrou na nova união como a décima primeira das treze colônias originais a se unir como Estados Unidos da América. Em 1799, um novo selo foi criado para Poughkeepsie.

No início, Poughkeepsie também foi um importante centro de processamento de baleias e, durante o século 19, a indústria floresceu por meio de transporte marítimo, chapeleiros, fábricas de papel e várias cervejarias ao longo do rio Hudson, incluindo algumas de propriedade de Matthew Vassar, fundador do Vassar College. Devido à beleza natural da área e proximidade com a cidade de Nova York, famílias como os Astors, Rogers e Vanderbilts construíram casas de fim de semana palacianas nas proximidades.

A mansão Vanderbilt, localizada a vários quilômetros de Poughkeepsie subindo o Hudson, está registrada como Sítio Histórico Nacional e é considerada um excelente exemplo das mansões construídas por industriais americanos durante o final do século XIX.

A cidade também abriga o mais antigo local de entretenimento em operação contínua no estado, a Bardavon 1869 Opera House.

Vassar College


Matthew Vassar, a quintessência do self-made man, tinha muito dinheiro e nenhum filho com quem gastá-lo. Em uma viagem à Inglaterra em 1845, ele visitou um hospital fundado por um de seus ancestrais, Thomas Guy, e se inspirou a imortalizar seu próprio nome por meio de um empreendimento semelhante. Sua primeira ideia foi fundar um hospital em Poughkeepsie, mas um homem chamado Milo P. Jewett, que mais tarde se tornou o primeiro presidente da faculdade, o convenceu de que ele faria um sucesso muito maior criando uma faculdade para mulheres e mdasha igual a Harvard e Yale, as melhores faculdades masculinas da época.

Na imprensa popular, seu colégio chamava-se & ldquoMatthew & rsquos Folly & rdquo e se esse & ldquomagnífico empreendimento & rdquo teria sucesso era uma questão em aberto. A primeira turma de 353 alunos, pagando US $ 350 pelas mensalidades e & ldquoresidência & rdquo, chegou em setembro de 1865 e logo provou ao mundo que as mulheres eram de fato tão capazes de realizações intelectuais quanto os homens.

Cem anos depois, em 1969, Vassar novamente abriu o caminho, tornando-se a primeira das faculdades unissexo de elite a abraçar a co-educação. Hoje, o corpo discente é de 2.450 & mdash56% mulheres, 44% homens, de todos os estados dos EUA e mais de 60 países estrangeiros.

As tradições únicas sobre as quais o colégio foi fundado continuam a ser mantidas hoje: uma determinação para se sobressair, um apetite por experimentação, uma dedicação às artes e ciências liberais, uma disposição para liderar e um compromisso com o avanço da igualdade.

Saiba mais sobre o Vassar College visitando o website em http://www.vassar.edu/

Hospital Vassar


O Hospital Irmãos Vassar abriu suas portas para os pacientes em 1887, com quatro enfermarias contendo 10 leitos, uma sala de parto / parto, uma creche, uma enfermaria infantil, três quartos privativos e dois quartos de isolamento.

Nenhum paciente teve que pagar pela hospitalização, mas aqueles que puderam receber a taxa integral de $ 3,00 por dia. Em 1913, mais de 1.200 pacientes haviam recebido tratamento.

Com o passar dos anos, mais prédios foram adicionados no local e, em 1924, após uma grande campanha de arrecadação de fundos de um ano, Vassar acrescentou salas de cirurgia modernas, salas de atendimento ao paciente mais modernas e um departamento de raios-x.

O edifício Mary Tower foi construído em 1934 como uma casa no campus para instrutores de escolas de enfermagem, médicos domésticos e o diretor de enfermagem e estudantes de enfermagem.

Em 1959, o Community Circle foi construído com unidades circulares de atendimento ao paciente com um posto de enfermagem centralizado. Este projeto foi tão bem sucedido que, em South Circle foi construído usando o mesmo projeto arquitetônico.

O Centro de Radioterapia abriu suas portas em 1974, o primeiro centro desse tipo a oferecer uma gama completa de tratamentos de câncer na área. Quando os serviços de maternidade em St. Francis fecharam, Vassar criou uma creche especial para bebês de alto risco.

Hoje o Vassar Brothers Medical Center (VBMC) funciona como uma instalação de 365 leitos que abriga o primeiro e único centro de cirurgia cardiotorácica entre Westchester e Albany, um centro de parto de última geração, centros pioneiros para cirurgia avançada e tratamento de feridas e um Unidade de Terapia Intensiva Neonatal Nível III.

The Culinary Institute of America


Fundado em 1946, o The Culinary Institute of America é a principal faculdade de culinária do mundo. Dedicada a impulsionar o desenvolvimento de liderança para a indústria de serviços de alimentação e hospitalidade, a CIA independente e sem fins lucrativos oferece diplomas de associado em artes culinárias e bacharelado em artes de panificação e pastelaria e bacharelado em gestão, ciência culinária e estudos de alimentos aplicados e educação executiva por meio de seu Escola de Negócios Alimentares.

Suas conferências e serviços de consultoria tornaram a CIA o centro de estudos da indústria de alimentos nas áreas de saúde e bem-estar, sustentabilidade, culinária mundial e culturas, e excelência profissional e inovação.

A faculdade também oferece programas de certificação e cursos para profissionais e entusiastas. Sua rede mundial de 48.000 ex-alunos inclui líderes em todas as áreas de serviços de alimentação e hospitalidade. A CIA possui campi em Nova York, Califórnia, Texas e Cingapura.

Colégio marista

Há pouco mais de um século, os Irmãos Maristas chegaram a New York & # 39s Hudson River Valley para treinar jovens para continuar a vocação dos Irmãos como grandes educadores. O que começou como um seminário para a formação de futuros Irmãos Maristas tornou-se um dos principais colégios de artes e ciências do país.

O Marist College agora abriga cerca de 4.100 homens e mulheres tradicionais de graduação, 1.100 alunos adultos de educação continuada e outros 1.000 alunos de pós-graduação. Em 1947, a primeira turma de formandos do Colégio Marista moderno consistia de quatro Irmãos Maristas. Hoje, cerca de 30.000 ex-alunos e ex-alunos chamam a alma mater marista. Marist tem uma tradição orgulhosa que lançou as bases para um campus moderno para estudantes que se preparam para entrar no mercado de trabalho do século XXI.

O Marist College segue a tradição de grandes instituições como a Harvard University e o College of William and Mary, que foram fundados como seminários e se transformaram em academias independentes de ensino superior.


Poughkeepsie PF-26 - História

De: Dictionary of American Naval Fighting Ships, vol. V, p 364

Uma cidade na margem leste do rio Hudson, 65 milhas ao norte da cidade de Nova York.

(PF-26: dp. 1.430 1. 304 'b. 37'6' 'dr. 12' s. 20k. Cpl. 180 a. 3 3 '', 6 40 mm., 9 20 mm., 8 dcp., 2 det. cl. Tacoma T.S2-S2-AQ1)

Poughkeepsie (PF-26), uma fragata, foi depositada para a Comissão Marítima em 3 de junho de 1943 por Walter Butler Shipbuilders, Inc., Superior, Wisc. lançado em 12 de agosto de 1943, patrocinado pela Sra. Frank M. Doran e transferido para a Marinha e comissionado em 6 de setembro de 1944, Comdr. Q. M. Greeley, USCG, no comando.

Após a retirada das Bermudas, Poughkeepsie compareceu ao Estaleiro Naval da Filadélfia para verificar a disponibilidade de pós-retirada de 29 de outubro a 31 de janeiro de 1945. Durante fevereiro e março, ela fez um comboio de escolta correr para a Baía de Guantánamo, Cuba. Em seguida, após o treinamento ASW na área de operação de New London no final de março, ela começou as patrulhas ASW e escolta de escolta ao longo da costa leste, operando entre Nova York e Norfolk até 3 de julho de 1945.

Estando fora do porto de Nova York em 9 de julho, a fragata transitou pelo Canal do Panamá, reportou-se ao Comandante da Frota do Pacífico para o serviço e foi colocada em Seattle, Wash, para se preparar para a transferência para a União Soviética. Alugada para os soviéticos em 2 de outubro de 1945, ela serviu sob a bandeira vermelha até 31 de outubro de 1949, quando foi devolvida aos Estados Unidos em Yokosuka, Japão.

Poughkeepsie permaneceu em Yokosuka em um status inativo até ser nomeado para transferência para SCAJAP em 23 de março de 1951 para tarefas de patrulha meteorológica. Transferida por empréstimo ao Japão em 14 de janeiro de 1953, a fragata foi rebatizada de Momi e iniciou suas operações sob a bandeira japonesa. Retirada do Registro Naval de Embarcação em 1º de dezembro de 1961, ela foi transferida para o Japão em 28 de agosto de 1962. Desativada em 1º de abril de 1965, ela foi usada como um navio de treinamento não operável nas docas até o início de 1969, quando foi transferida para a Coreia do Sul para canibalização.


City Of Poughkeepsie

Observe que o Conselho de Planejamento da cidade de Poughkeepsie realizará uma reunião especial na segunda-feira, 7 de junho de 2021 às 17h.

Com efeito imediato e com base em avisos e alertas de saúde emitidos por funcionários federais, estaduais e locais relacionados ao Coronavirus, o Conselho de Planejamento da cidade de Poughkeepsie não realizará reuniões presenciais. Até novo aviso, todas as futuras reuniões do Conselho de Planejamento serão realizadas por videoconferência, conforme permitido pela Lei de Reuniões Abertas da NYS. Devido a questões de saúde e segurança públicas, o público não terá permissão para comparecer nos locais remotos onde os membros do Conselho de Planejamento estarão situados. O público, no entanto, poderá acompanhar integralmente a videoconferência com as informações postadas abaixo

Por favor, inscreva-se para a Reunião Especial do Conselho de Planejamento da Cidade de Poughkeepsie a ser realizada na SEGUNDA-FEIRA, 7 de junho de 2021, 17:00 EDT

7 de junho de 2021 18:00
Reunião de Emergência IDA
Reunião será realizada por teleconferência
Número de discagem (701) 802-5009 Código de acesso 8071415

Em vigor imediatamente e com base em avisos e alertas de saúde emitidos por funcionários federais, estaduais e locais relacionados ao Coronavirus, o Conselho Comum da cidade de Poughkeepsie não realizará reuniões presenciais. Até novo aviso, todas as futuras reuniões do Conselho Municipal (incluindo audiências públicas) serão realizadas por meio de videoconferência, conforme permitido pela Lei de Reuniões Abertas da NYS. Devido a questões de saúde e segurança pública, o público não terá permissão para comparecer nos locais remotos onde os membros da Câmara Municipal estarão situados. O público, no entanto, poderá acompanhar na íntegra a reunião de videoconferência com as informações postadas a seguir:

Se você estiver interessado em comentar durante a participação pública, envie um e-mail [email & # 160protected] antes das 16h de segunda-feira, 7 de junho de 2021.

Inscreva-se com antecedência para esta reunião:

Reunião do Conselho Comum - 7 de junho de 2021 - 18h30

Data e hora da reunião:
8 de junho de 2021 - 18:30

Câmaras de Conselho Comuns
Prefeitura - 3º Andar
62 Civic Center Plaza
Poughkeepsie, NY 12601

A cidade de Poughkeepsie realizará projetos de reconstrução nas pontes da Washington Street e da Garden Street sobre o Fallkill Creek e realizará uma reunião virtual de informação ao público às 17h. 10 de junho para discutir os projetos. Ambas as pontes foram identificadas como necessitando de reconstrução para restaurá-las ao estado de bom estado de conservação.

Em vigor imediatamente e com base em avisos e alertas de saúde emitidos por funcionários federais, estaduais e locais relacionados ao Coronavirus, o Distrito Histórico da cidade de Poughkeepsie e a Comissão de Preservação do Marco ("HDLPC") não realizarão reuniões presenciais. Até novo aviso, todas as reuniões futuras do HDLPC (incluindo audiências públicas) serão realizadas por meio de videoconferência, conforme permitido pela Lei de Reuniões Abertas da NYS. Devido a questões de saúde e segurança públicas, o público não terá permissão para comparecer nos locais remotos onde os membros da comissão estarão situados. O público, no entanto, poderá acompanhar integralmente a videoconferência com as informações postadas abaixo

Por favor, inscreva-se no City of Poughkeepsie HDLPC Meeting, a ser realizado em 10 de junho de 2021, 19:00 EDT

Após o registro, você receberá um e-mail de confirmação contendo informações sobre como ingressar no webinar.
A pauta da reunião está disponível abaixo. A reunião será gravada e posteriormente postada para visualização em nosso site e pode ser encontrada aqui: https://totalwebcasting.com/view/?id=cop

Em vigor imediatamente e com base em avisos e alertas de saúde emitidos por funcionários federais, estaduais e locais relacionados ao Coronavirus, o Conselho de Planejamento da cidade de Poughkeepsie não realizará reuniões presenciais. Até novo aviso, todas as futuras reuniões do Conselho de Planejamento (incluindo audiências públicas) serão realizadas por meio de videoconferência, conforme permitido pela Lei de Reuniões Abertas da NYS. Devido a questões de saúde e segurança públicas, o público não terá permissão para comparecer nos locais remotos onde os membros do Conselho de Planejamento estarão situados. O público, no entanto, poderá acompanhar na íntegra a reunião de videoconferência com as informações postadas abaixo

Por favor, inscreva-se para a Reunião do Conselho de Planejamento da Cidade de Poughkeepsie a ser realizada na terça-feira, 15 de junho de 2021, 19h00 EDT

Em vigor imediatamente e com base em avisos e alertas de saúde emitidos por funcionários federais, estaduais e locais relacionados ao Coronavirus, a Comissão de Artes Públicas da cidade de Poughkeepsie (“PPAC”) não realizará reuniões presenciais. Até novo aviso, todas as reuniões futuras do PPAC (incluindo audiências públicas) serão realizadas por meio de videoconferência, conforme permitido pela Lei de Reuniões Abertas da NYS. Devido a questões de saúde e segurança públicas, o público não terá permissão para comparecer nos locais remotos onde os membros da comissão estarão situados. O público, porém, poderá acompanhar na íntegra a reunião por videoconferência com as informações a seguir.

Registre-se para a Reunião PPAC da cidade de Poughkeepsie em 17 de junho de 2021, 18:30 EDT.

Após o registro, você receberá um e-mail de confirmação contendo informações sobre como ingressar no webinar. A reunião será gravada e posteriormente postada para visualização em nosso site.

AVISO É DADO AQUI que de acordo com a Carta e Códigos da Cidade de Poughkeepsie, Código Administrativo, Seção 14.04, uma Audiência Pública do Conselho Comum será realizada na segunda-feira, 21 de junho de 2021 às 5h30, e será realizada por meio de videoconferência, (conforme permitido pelo NYS Lei de Reuniões Abertas), com o objetivo de receber comentários sobre a proposta de Lei Local de restrição de veículos todo-o-terreno.

Se você estiver interessado em comentar durante a participação pública, envie um e-mail para [email & # 160protected] antes das 16h de segunda-feira, 21 de junho de 2021.

Quando: 21 de junho de 2021 17:30 Hora do Leste (EUA e Canadá)

Tópico: Audiência Pública do Conselho Comum da Cidade de Poughkeepsie

Inscreva-se com antecedência nesta reunião:

Após o cadastro, você receberá um e-mail de confirmação contendo informações sobre como ingressar na reunião temática.

Jasmin Nicole Davis
City Chamberlain

Com efeito imediato e com base em avisos e alertas de saúde emitidos por funcionários federais, estaduais e locais relacionados ao Coronavirus, o Conselho Comum da cidade de Poughkeepsie não realizará reuniões pessoais. Até novo aviso, todas as futuras reuniões da Câmara Municipal (incluindo audiências públicas) serão realizadas por meio de videoconferência, conforme permitido pela Lei de Reuniões Abertas da NYS. Devido a questões de saúde pública e segurança, o público não terá permissão para comparecer nos locais onde os membros da Câmara Municipal estarão situados. O público, no entanto, poderá acompanhar integralmente a videoconferência com as informações postadas a seguir:

Se você tiver interesse em comentar durante a participação pública, envie um e-mail para [email & # 160protected] antes das 16h de segunda-feira, 21 de junho de 2021.

Inscreva-se com antecedência para esta reunião:

Com vigência imediata e com base em avisos e alertas de saúde emitidos por funcionários federais, estaduais e locais relacionados ao Coronavirus, o Comitê Consultivo da Orla da Cidade de Poughkeepsie (“WAC”) não realizará reuniões presenciais. Até novo aviso, todas as reuniões futuras serão realizadas por meio de videoconferência, conforme permitido pela Lei de Reuniões Abertas da NYS. Devido a questões de saúde e segurança públicas, o público não terá permissão para comparecer nos locais remotos onde os membros do WAC estarão situados. O público, no entanto, poderá acompanhar integralmente a videoconferência em tempo real, inscrevendo-se no GoToWebinar com as informações postadas abaixo. A reunião será gravada e posteriormente postada para visualização no site da cidade.

Por favor, inscreva-se para a Reunião WAC da Cidade de Poughkeepsie a ser realizada em 22 de junho de 2021, 18:00 EDT em:

Após o registro, você receberá um e-mail de confirmação contendo informações sobre como ingressar no webinar.

AVISO É DADO AQUI que, de acordo com a Seção 2.04 da Carta da Cidade, o Conselho Comum da Cidade de Poughkeepsie realizará uma Reunião Especial na segunda-feira, 28 de junho de 2021 às 17h30, e será realizada por meio de videoconferência, (conforme permitido pela Lei de Reuniões Abertas da NYS )

O PRESIDENTE DO CONSELHO COMUM CONVOCA REUNIÃO ESPECIAL PARA PREENCHER A VAGA DO CONSELHO QUE FICA RESISTIDA NA 8ª ADMINISTRAÇÃO.

Quando: 28 de junho de 2021 17:30 Hora do Leste (EUA e Canadá)

Tópico: Reunião Especial do Conselho Comum da Cidade de Poughkeepsie

Inscreva-se com antecedência para esta reunião:

Após o registro, você receberá um e-mail de confirmação contendo informações sobre como ingressar na reunião.

Entre em contato com o Presidente Salem em caso de dúvidas: [e-mail & # 160 protegido].


Conteúdo

Segunda Guerra Mundial, 1944-1945

Depois de se livrar das Bermudas, Poughkeepsie chamada no Estaleiro Naval da Filadélfia para disponibilidade de pós-shakedown de 29 de outubro a 31 de janeiro de 1945. Durante fevereiro e março, ela fez um comboio de escolta correr para a Baía de Guantánamo, Cuba. Então, após o treinamento de guerra anti-submarina (ASW) na área de operação de New London no final de março, ela iniciou patrulhas ASW e deveres de escolta de comboio ao longo da costa leste, operando entre a cidade de Nova York e Norfolk, Virgínia, até 3 de julho de 1945 .

Estando fora do porto de Nova York em 9 de julho, a fragata transitou pelo Canal do Panamá, reportou-se ao Comandante da Frota do Pacífico para o serviço e foi colocada em Seattle, Washington, para preparar a transferência para a União Soviética.

Marinha Soviética, 1945-1949

Alugada para os soviéticos em 2 de outubro de 1945, ela serviu sob a bandeira soviética como EK-25 até 31 de outubro de 1949, quando foi devolvida aos Estados Unidos em Yokosuka, Japão.

Marinha Japonesa, 1953-1969

Poughkeepsie permaneceu em Yokosuka em um status inativo até ser nomeado para transferência para a Administração de Controle de Embarque do Japão (ou SCAJAP) em 23 de março de 1951 para tarefas de patrulha meteorológica. Transferida por empréstimo ao Japão em 14 de janeiro de 1953, a fragata foi renomeada Momi (PF-284) e iniciou as operações sob a bandeira japonesa. Retirado do Registro de Navios Navais em 1 de dezembro de 1961, ela foi transferida para o Japão em 28 de agosto de 1962. Desativada em 1 de abril de 1965, ela foi usada como um navio de treinamento não operável nas docas até o início de 1969, quando foi transferida para a Coreia do Sul para canibalização.


Você apenas arranhou a superfície do Poughkeepsie história de família.

Entre 1963 e 2000, nos Estados Unidos, a expectativa de vida de Poughkeepsie estava em seu ponto mais baixo em 1963 e mais alto em 1974. A expectativa de vida média para Poughkeepsie em 1963 era de 67 e 79 em 2000.

Uma vida excepcionalmente curta pode indicar que seus ancestrais Poughkeepsie viveram em condições adversas. Uma vida curta também pode indicar problemas de saúde que antes eram prevalentes em sua família. O SSDI é um banco de dados pesquisável de mais de 70 milhões de nomes. Você pode encontrar datas de nascimento, datas de falecimento, endereços e muito mais.


Poughkeepsie PF-26 - História

A partir de
HISTÓRIA DO CONDADO HOLANDESA, NOVA YORK Por James H. Smith
1882
Parte um
CAPÍTULO XXX

CIDADE DE POUGHKEEPSIE - SUA SITUAÇÃO DELICIOSA E ELEGÍVEL - PRIMEIRO ACORDO - A CASA DE VAN KLEECK - SUAS ASSOCIAÇÕES HISTÓRICAS - POUGHKEEPSIE EM 1799 - LISTAS DE IMPOSTOS DE 1805,1849 E 1880 COMPARADAS - CASA DE POUGHKEEPSIE - LAÇO DE 1812 E 1824 VISIT - POUGHKEEPSIE COMO VISTO PELOS OLHOS DE GORDON EM 1836 - A & quotIMPROVEMENT PARTY & quot - POUGHKEEPSIE EM 1841 - DESCRIÇÃO DE DISTURNELL DE POUGHKEEPSIE EM 1842 - TELEGRAFIA ELÉTRICA PRIMEIRA PARTIDA DE POUGHEEKEEPSIE LANÇADA EM POUGHKEEPSIE EM 1841 - DESCRIÇÃO DE DISTURNELL DE POUGHKEEPSIE EM 1842 - TELEGRAFIA ELÉTRICA 151 PRIMEIRA ATUALIZAÇÃO DE POUGHEEPSIE PUBLICIDADE DE POUGHEEPSIE - A PARTIR DA DATA DA INCOPORAÇÃO.

POUGHKEEPSIE é uma das cidades mais bonitas e atraentes do estado, e uma das mais encantadoras das muitas localidades encantadoras do vale do Hudson, com suas associações variadas, suas montanhas de maravilhosa grandeza, suas planícies férteis e vales de raras beleza cênica. Em paisagens naturais variadas, dificilmente é superado por qualquer momento pela riqueza, cultura, requinte - todas aquelas qualidades que adornam uma vida nobre - é o par de todos.

Ele está localizado nas encostas íngremes das colinas que formam a margem leste do Hudson e, principalmente, no planalto elevado acima, a maior elevação média dos quais é de 202 pés acima da maré alta do rio. Situa-se quase a meio caminho entre Albany, a capital do estado, e Nova York, a metrópole comercial dos Estados Unidos e desfruta de um transporte terrestre e aquático incomparável. Algumas de suas ruas têm a culpa da maioria das antigas cidades holandesas, por serem tortuosas e contraídas, mas suas ruas mais modernas são regulares e espaçosas. As principais são mantidas meticulosamente limpas e quase todas profusamente sombreadas por belas árvores, de modo que a cidade, quando vista do rio ou de uma eminência distante, apresenta na primavera uma massa de folhagem da qual sobressaem apenas as torres e os edifícios mais altos. e quando o outono os tingiu com seu rico e variado rendilhado, apresenta um cenário de beleza indescritível. Muitas das ruas são bem pavimentadas e a maioria delas iluminadas a gás. Sua situação favorável, a salubridade de seu clima e as vantagens proporcionadas por suas excelentes instituições de ensino e religião, levaram muitas pessoas ricas e culturais a morar aqui. De suas instituições peculiares e diversos setores, falaremos nos capítulos subsequentes.

O povoamento da cidade data, segundo as melhores autoridades consultadas, da última década do século XVII, mas não se sabe precisamente em que ano e por quem foi feito o primeiro povoamento. Os primeiros colonos foram holandeses, e entre os primeiros, senão o primeiro, estava Baltus VAN KLEECK, (* O nome verdadeiro de Baltus VAN KLEECK era Balthazar BARNTZ. O nome pelo qual é conhecido até a geração atual foi adquirido pela eliminação do sobrenome BARNTZ, uma prática comum entre os primeiros holandeses, e a adição das palavras von (de) e KLEECK, (o nome do lugar na Holanda de onde ele veio.) que, geralmente se reconhece, construiu o primeiro casa substancial no local da cidade em 1702. Era construída em pedra bruta e ficava no lado sul da rua Mill, um pouco a leste da rua Vassar. Em seus frontões e logo abaixo de seus beirais, suas paredes eram perfuradas com aros. buracos de mosquete, como meio de defesa contra os índios, então numerosos no município, porém, tais eram as relações pacíficas que existiam entre os indígenas e os primeiros colonizadores holandeses, suas propriedades defensivas nunca foram requisitadas para, felizmente, esta localidade estava livre do dia Os terríveis massacres e agências devastadoras que, em um primeiro período, assediaram os colonos no Vale do Hudson, e depois os do Vale do Mohawk e o que era então a fronteira ocidental.

Esta velha casa, em torno da qual se agrupavam tantas das associações mais sagradas de Poughkeepsie & quot, era forte o suficiente para resistir aos dedos agitados da decadência por séculos, mas, como muitos outros edifícios em nossa terra mutável, santificada por eventos que tocam as simpatias de nossa natureza superior, foi forçada a dar lugar a estruturas mais modernas. & quot Durante quase um século e meio, ela representou uma venerável relíquia do passado, mas, tendo chegado, por herança, à propriedade da família VASSAR, foi demolida em 1835, em resposta à demanda de um impulso progressivo. O lintel de pedra toscamente talhada da porta principal, na qual está gravada a data de sua erração e as iniciais em duplicata do nome de seu dono original, está preservado na parede do subsolo, perto e parcialmente abaixo do calçamento da rua Vassar lado da residência (na esquina das ruas Mill e Vassar) do falecido Matthew VASSAR, Jr., que era um descendente direto de VAN KLEECK, seu pai, John Guy VASSAR, irmão mais velho de Matthew VASSAR, fundador da VASSAR College, por ter se casado com Margaret, filha de Baltus VAN KLEECK, e bisneta do pioneiro com esse nome. Pouco se sabe dos antecedentes ou da história pessoal de Baltus VAN KLEECK e de seus muitos descendentes, não muitos sobraram no município. Ele era irmão de Moriahakin, esposa de John HARBERDRINK ou HARBERLING, de Nova York. Representou este concelho na Assembleia Colonial desde 1715 até à sua morte em 1717, sendo o segundo representante nesse órgão deste concelho. Seus filhos foram: Barnet, que se casou com Antinetha TALMATER Johannes, que se casou primeiro com Alida TERBOSS, e, segundo, Catharine VAN DER BOGART Lawrence, que se casou com Jacoba LEWIS, e morreu em 1769 Peter, que se casou com Gertrude LEWIS Sarah, que se casou com Peter PALMATIER e , Elizabeth, que se casou com John KIP. Descendentes de sua até a oitava geração estão agora morando neste condado e estão entre seus habitantes mais econômicos e respeitáveis. O Sr. George M. VAN KLEECK, de Poughkeepsie, pai de John, Henry, Robert, Richard e Hester, esposa de Jacob V. OVEROCKER, daquela cidade, e tataraneto do pioneiro Baltus, tem um diagrama em sua posse mostrando muitos dos descendentes até a sétima geração. Outros primeiros colonos foram nomes de famílias holandesas VAN DeBOGART, VAN BENSCHOTEN, VAN BERGH, VAN WAGENEN, De GRAAFF, LE ROY, PARMENTIER, MESSIER, OSTROM, HOGEBOOM, FILKINS, SWARTWOUT, FREER, HEGEMAN e LIVINGSTON, e outros que foram nomeados em conexão com as primeiras transferências de terras na cidade de Poughkeepsie. Os nomes da maioria deles, embora tenham sofrido ligeiras alterações ortográficas, são perpetuados até a geração atual e são carregados por alguns dos residentes mais dignos e honrados do condado.

O crescimento do pequeno povoado foi lento. Uma vista de Poughkeepsie em 1736 mostra apenas onze casas em duas ruas e a Igreja Reformada Holandesa, que era um objeto conspícuo no povoado esparso agora tão populoso e bonito. Em 1756, SMITH, o historiador de Nova York, disse que ela mal merecia o nome de vila. Mas em 1715, quando foi autorizada a construção de um tribunal e prisão, passou a ser sede de comarca, e em 1734, quando foram instalados os primeiros tribunais do condado, teve continuidade porque, como dizia a portaria, era próximo o centro do condado, o que sem dúvida era verdadeiro para a porção povoada do condado, que era então confinada a uma estreita orla ao longo da fronteira oeste.

Em 1758, diz Henry D.B. BAILEY, & quotPoughkeepsie fez apenas uma aparência lamentável. No lado sul da rua principal, a leste da Igreja Holandesa e do cemitério, ficava a residência de Paul SCHANCK, sua loja ficava ao lado do cemitério. A leste de sua residência ficava a escola, um pequeno prédio pintado de vermelho. A oeste da Igreja Holandesa ficava o tribunal. * * * O próximo edifício a oeste do tribunal era o presbitério holandês, e ao longo das encostas em declive até o rio havia cerca de vinte casas. A casa VAN KLEECK * * * era o hotel mais proeminente. * * * No lado norte da rua principal, a leste de onde o Poughkeepsie Hotel está localizado agora, havia algumas casas e lojas, e a oeste do hotel havia alguns escritórios de advogados, e você tem tudo o que havia de Poughkeepsie em 1758. & quot (* Esboços históricos, 23-24.)

A partir de um mapa da aldeia feito a partir de uma pesquisa de Henry LIVINGSTON, em 10 de maio de 1799, (em que ano foi incorporado) e agora em arquivo no escritório do secretário em Poughkeepsie, reunimos muitas informações interessantes e autênticas a respeito da aldeia em naquele dia cedo. A linha da corporação norte então se estendia do rio um pouco acima da foz de Kidney's Creek, devido a leste 37 cadeias, 30 links, até o ponto onde esse rio é atravessado pela pós-estrada e, daí, a leste 92 cadeias, 70 links, (em todas as 130 cadeias do rio) daí sul 1 @ 30 'oeste 135 cadeias, 90 links para o canto sudeste do canto da corporação daí devido oeste 130 cadeias até o rio, na foz de um pequeno riacho que está sendo esvaziado nele um pouco abaixo de & quotShip-yard Point & quot e a antiga LIVINGSTON House, a que ambos são referência, foi feita na história do condado durante o período revolucionário.

Neste mapa antigo, a Main street não está localizada a oeste da pós-estrada, que correspondia à Washington Street ao norte de Main e à Market Street ao sul dela. O rio foi alcançado principalmente pela & quotUpper Landing Road, & quot que corresponde à parte inferior da Mill street, que não foi aberta naquela época a leste de Washington, a & quotUnion Store Road & quot correspondendo à Union street e & quotDavis's road & quot correspondendo à Rua Pine, e batizada com o nome da loja Davis em seu terminal no rio. At the terminus of "Union Store Road," at the Lower Landing, was a union store, which gave name to the road. At the foot of the "Upper Landing Road," was the store and mills of R. L. LIVINGSTON.

The residents of the post-road, beginning on the north, were, on the east side, T. NELSON, H. A. LIVINGSTON, (the only two named till we reach Main street,) V. BARBER, at the north-east corner of the post-road and Main street, Roye V. KLEECK, ---- BAILEY, ---- NOXON, A. SMITH, ---- SMITH, (between Main street and the "Road to John V. D. BURGH"s,") ---- ROMINE, ---- MYER, P. FREER, ---- VIELIE, N. FREER, I. FREER, E. FREER, S. FREER, and S. S. FREER to the south corporation line on the west side, I. NELSON, near the north line, N. MYER, ---- OFEROM, ---- DOFFIE, and ----ELLISON (to Main street) BAKER, HENDRICKSON, ALLEN, COOKE, HOFMAN, DEYO, HARRIS, KIP, DAVIS, MOTT and TAPPEN, (to Pine street,) and I. READE, a little back from the road, and the only one living on the west side below Pine street. On the west side of the road, nearly midway between Kidney's creek and the Fallkill, on the old Thomas NELSON property, now the estate of Mr. Orrin WILLIAMS, stood the "Gallows Tree," which Mr. William S. MORGAN, of Poughkeepsie, who was born in 1807, recollects as having been standing in his early manhood. Near the junction of Main street was a tannery. An Episcopal Church stood on the site of Christ Church on the north-east corner of Church and Market streets. A little below this, on the same side, was the clerk's office. The court house stood on the present site.

The residents on Main street, then known as the "Filkin Town Road," beginning at Washington St., were, on the north, RADCLIFT, HOFMAN, DAVIS, VAN KLEECK, DUYKINCK, THOMPSON, LIVINGSTON, TAPPEN, CLOUSE, NASH and YELVERTON, to H. A. LIVINGSTON's Mills, at the junction of Main and Mill streets, and EVERIT, DE REIMER, BECKWITH, SEABURY and M. V. BROMMEL to the east line, while just over the line was F. HARRIS, and a little north of him, E. FREE on the south side were BOSWORTH, BILLINGS, BRAMBLE, CURRY, HOBSON, CALDWELL and EMOTT to LIVINGSTON's Mills, and the last within the limits. Near the east line and back from the road was L. B. LEWIS. The Dutch Reformed Church then stood opposite Market street, on the north side of Main street, on the site of the Poughkeepsie Hotel.

On the "Upper Landing Road," on the north side, resided DeGRAFF and BAYEUX, the only ones named, and on the south, BOWMAN and B. VAN KLEECK. On the west side of a road corresponding with Bridge street north of Mill, lived two families named LANSING, the southerly one being P. LANSING. No other residents are named north of the Upper Landing Road and west of the Post Road within the corporation.

On the north side of the Union Store Road, near Market street, (or on the south side of what is now Main street, west of Washington,) lived a man named BROWER. On the same side of the road, and near the river lived M. TAPPEN, NORTH and EVERSON, with a pottery between the former two. On the south side were ARDEN, McKEEN and JOHNSON in the central part, and CARPENTER, near the river.

On the north side of "Davis's Road," near Market street, lived families named MYER and OAK, but none on the south side. I. STEVENS lived a little north east of "Shipyard Point," and was the only one named south of "Davis's Road" and west of the Post road.

On the south side of Cannon street were families named SMITH, NOTT, COOKE, THOMAS and WEAVER(?) while in the angle formed by Academy and Cannon streets stood the old academy. On the east side of Academy street, which was then opened only to Montgomery street, lived families named SMITH and GRAHAM and south of Montgomery street, (which then together with Southeast Avenue formed the "Road to John V. D. BORGH's,") near what was then the south terminus of Academy street, lived a family named WHITEHOUSE. These, with a family named BOYCE, living on the west side of Southeast Avenue, near the south corporation line, were the only others living (or named,) in the territory comprising the sixth ward and half of the fourth ward. N. FREER lived just south of the corporation line, a little east of the Post Road. West of Smith street, (then called the "Road from Crom Elbow Creek,") nearly midway between Main street and the coporation line, lived a family named NORRIS and on the east side, near the corporation line, one named S. FREER. These, with the exception of those named on the east side of the Post Road,(Washington St.,) and on the north side of the "Filkin Town Road," were the only ones living in the corporation in the angle formed by those roads, comprising the present fifth ward and the third, except that part lying between Bridge and Washington streets.

The Post Road, south from the corporation line, extended through the lands of Henry LIVINGSTON, and on this, near the head of "Rust Plaets Kill," lived William FREER, while near the river, at the mouth of that stream, lived T. MITCHEL. Further south on the Post Road was the H. LIVINGSTON place, and still further, south, the residence of E. PAINE.

The tax list of the village of Poughkeepsie for 1805 contains 368 names. The entire assessment of real and personal property was $399,650, and the rate of tax four mills on each dollar, making the entire amount of tax collected $159.86. At that time the population may be supposed to have been about 2,500, as in 1810 it was 2,981. In 1849, at which time the population had increased to 11,080, the corporation expenses amounted to $16,096.80, which was a fair average as they appeared from year to year. ( The Sandy Courier , of Poughkeepsie, Feb. 2, 1873.) Thus while the population had increased only about four-fold, the corporation expenses had increased more than a hundred-fold. In 1880, when the village had more than a quarter of a century before had become a city, and the population had increased to 20,207 inhabitants, while the equalized valuation of its real and personal estate had increased to $11,833.167, more than a fourth of the entire valuation of the county, the municipal tax had increased to $245,339.01. and the State, County and City tax combined, to $317,203.20.


Poughkeepsie Genealogy (in Dutchess County, NY)

NOTE: Additional records that apply to Poughkeepsie are also found through the Dutchess County and New York pages.

Poughkeepsie Birth Records

New York, Birth Records, 1880-present New York State Department of Health

Poughkeepsie Cemetery Records

Poughkeepsie Rural Cemetery Billion Graves

Poughkeepsie Census Records

United States Federal Census, 1790-1940 Family Search

Poughkeepsie Church Records

Poughkeepsie City Directories

Poughkeepsie Court Records

Poughkeepsie Death Records

New York, Death Records, 1880-present New York State Department of Health

Poughkeepsie Histories and Genealogies

Poughkeepsie Immigration Records

Poughkeepsie Land Records

Poughkeepsie Map Records

Map of Poughkeepsie, N.Y., 1874 Library of Congress

Map of the incorporated village of Poughkeepsie, Dutchess County, state of New York, 1834 Library of Congress

Sanborn Fire Insurance Map from Poughkeepsie, Dutchess County, New York, 1895 Library of Congress

Sanborn Fire Insurance Map from Poughkeepsie, Dutchess County, New York, November 1887 Library of Congress

Poughkeepsie Marriage Records

Excerpts from Marriage Notices from Dutchess County, New York Newspapers 1826-1851 American History and Genealogy Project

Poughkeepsie Military Records

History of the one hundred and twenty-eighth regiment : New York volunteers (U.S. infantry) in the late civil war Genealogy Gophers

Poughkeepsie Miscellaneous Records

Poughkeepsie Newspapers and Obituaries

American Farmer, and Dutchess County Advertiser 12/20/1798 to 07/22/1800 Genealogy Bank

Country Journal 12/15/1785 to 07/07/1789 Genealogy Bank

Dutchess Farmer 09/19/1871 to 08/22/1876 Genealogy Bank

Dutchess Observer 07/24/1816 to 04/26/1826 Genealogy Bank

Excerpts from Marriage Notices from Dutchess County, New York Newspapers 1826-1851 American History and Genealogy Project

Farmer 04/29/1806 to 02/03/1807 Genealogy Bank

Hudson River Valley Historical Newspapers, includes The Vassar Miscellany Weekly (newspaper of Vassar College), 1914-2001 Hudson River Valley Heritage

Independence 02/08/1832 to 01/29/1834 Genealogy Bank

New-York Journal, or, General Advertiser 07/20/1778 to 11/19/1781 Genealogy Bank

Political Barometer 06/08/1802 to 08/21/1811 Genealogy Bank

Poughkeepsie Eagle-News 1861-1942 Newspapers.com

Poughkeepsie Eagle-News, 1861-1942 The Poughkeepsie Journal

Poughkeepsie Journal 07/14/1789 to 12/13/1845 Genealogy Bank

Poughkeepsie Journal 1785-2020 Newspapers.com

Poughkeepsie Journal, 1785-2021 The Poughkeepsie Journal

Poughkeepsie NY Daily Eagle 1861-1937 Fulton History

Poughkeepsie NY Evening Star and Enterprise 1936-1941 Fulton History

Poughkeepsie NY New Yorker 1941 Fulton History

Poughkeepsie eagle, twice-a-week. Poughkeepsie, N.Y. 1889-12-28 to 1917-01-05 NYS Historic Newspapers

Poughkeepsie eagle. Poughkeepsie, N.Y. 1835-04-22 to 1843-12-30 NYS Historic Newspapers

Poughkeepsie eagle. Poughkeepsie, N.Y. 1889-01-02 to 1889-12-25 NYS Historic Newspapers

The Pokeepsie evening enterprise. Poughkeepsie, N.Y. 1895-07-01 to 1917-09-29 NYS Historic Newspapers

The Poughkeepsie eagle. Poughkeepsie, N.Y. 1862-08-02 to 1867-02-02 NYS Historic Newspapers

The Semi-weekly eagle and Poughkeepsie news-telegraph. Poughkeepsie, N.Y. 1917-01-09 to 1917-05-29 NYS Historic Newspapers

Ulster Republican 01/06/1836 to 11/18/1836 Genealogy Bank

Offline Newspapers for Poughkeepsie

According to the US Newspaper Directory, the following newspapers were printed, so there may be paper or microfilm copies available. For more information on how to locate offline newspapers, see our article on Locating Offline Newspapers.

American Farmer, and Dutchess County Advertiser. (Poughkeepsie, N.Y.) 1798-1800

Americano. (Poughkeepsie, N.Y.) 1845-1850

Country Journal, and Dutchess and Ulster County Farmer's Register. (Poughkeepsie [N.Y.]) 1788-1789

Country Journal, and the Poughkeepsie Advertiser. (Poughkeepsie [N.Y.]) 1785-1788

Daily Press. (Poughkeepsie, [N.Y.]) 1852-1866

Dutchess Democrat. (Poughkeepsie [N.Y.]) 1854-1856

Dutchess Farmer. (Poughkeepsie, N.Y.) 1869-1883

Dutchess Intelligencer. (Poughkeepsie, N.Y.) 1828-1833

Dutchess Observer. (Poughkeepsie [N.Y.]) 1815-1826

Dutchess Republican. (Poughkeepsie [N.Y.]) 1831-1833

Evening Enterprise. (Poughkeepsie, N.Y.) 1883-1892

Evening Star. (Poughkeepsie, N.Y.) 1889-1904

Farmer. (Poughkeepsie [N.Y.]) 1806-1807

Guardião. (Poughkeepsie [N.Y.]) 1801-1802

Hudson Valley Sunday Courier. (Poughkeepsie, N.Y.) 1941-1942

Independence [Microform]. (Poughkeepsie, N.Y.) 1832-1834

Independence. (Poughkeepsie [N.Y.]) 1832-1834

Intelligencer and Republican. (Poughkeepsie [N.Y.]) 1833-1834

Journal and Poughkeepsie Eagle. (Poughkeepsie, N.Y.) 1848-1850

New Deal. (Poughkeepsie, N.Y.) 1933-1934

Pokeepsie Evening Enterprise. (Pokeepsie [I.E. Poughkeepsie], N.Y.) 1892-1918

Political Barometer. Volume (Poughkeepsie [N.Y.]) 1802-1811

Poughkeepsie American. (Poughkeepsie, N.Y.) 1850-1853

Poughkeepsie Daily Eagle. (Poughkeepsie, N.Y.) 1860-1915

Poughkeepsie Daily News. (Poughkeepsie, N.Y.) 1871-1883

Poughkeepsie Daily Press. (Poughkeepsie, [N.Y.]) 1866-1883

Poughkeepsie Eagle-News. (Poughkeepsie, N.Y.) 1915-1942

Poughkeepsie Eagle. (Poughkeepsie, N.Y.) 1850-1867

Poughkeepsie Eagle. (Poughkeepsie, [N.Y.]) 1834-1844

Poughkeepsie Evening Star and Enterprise. (Poughkeepsie, N.Y.) 1918-1941

Poughkeepsie Evening Star. (Poughkeepsie, N.Y.) 1904-1918

Poughkeepsie Journal & Eagle. (Poughkeepsie, N.Y.) 1844-1847

Poughkeepsie Journal, and Constitutional Republican. Volume (Poughkeepsie [N.Y.]) 1802-1815

Poughkeepsie Journal. (Poughkeepsie, Dutchess County [N.Y.]) 1789-1802

Poughkeepsie Journal. (Poughkeepsie, N.Y.) 1815-1844

Poughkeepsie Journal. (Poughkeepsie, N.Y.) 1960-Current

Poughkeepsie Morning News. (Poughkeepsie, N.Y.) 1868-1871

Poughkeepsie New Yorker. (Poughkeepsie, N.Y.) 1941-1960

Poughkeepsie News-Press. ([Poughkeepsie, N.Y.]) 1883-1915

Poughkeepsie News-Telegraph. (Poughkeepsie, N.Y.) 1883-1917

Poughkeepsie Square Dealer. (Poughkeepsie, N.Y.) 1946-1948

Poughkeepsie Telegraph and Dutchess Democrat. (Poughkeepsie, N.Y.) 1856-1859

Poughkeepsie Telegraph. (Poughkeepsie [N.Y.]) 1831-1856

Poughkeepsie Telegraph. (Poughkeepsie, N.Y.) 1859-1883

Poughkeepsie Weekly Eagle. (Poughkeepsie, N.Y.) 1867-1888

Poughkeepsie Weekly News. (Poughkeepsie, N.Y.) 1871-1883

Republican Herald. Volume (Poughkeepsie, N.Y.) 1811-1823

Republican Journal. Volume (Poughkeepsie [N.Y.]) 1795-1796

Republican Telegraph & Observer. (Poughkeepsie [N.Y.]) 1826-1831

Republican Telegraph. (Poughkeepsie [N.Y.]) 1824-1826

Poughkeepsie Probate Records

Poughkeepsie School Records

VBH School Of Nursing White Caps Yearbook, 1932, 1933, 1934, 1935 , 1936, 1937, 1938, 1939, 1940, 1941 , 1942, 1943, 1944, 1945, 1946, 1947, 1948, 1949, 1950, 1951, 1952, 1953, 1954, 1955, 1956, 1957, 1958, 1959, 1960, 1961, 1962, 1963, 1964, 1965, 1966, 1967, 1968, 1969, 1970, 1971, 1972 Internet Archive

Poughkeepsie Tax Records

Additions or corrections to this page? We welcome your suggestions through our Contact Us page


The Poughkeepsie Tapes True Story: How Much Of The Movie Is Actually Real

The Poughkeepsie Tapes feature horrifying scenes of torture, assault, and murder, but how much of the movie is actually real and what's made up?

The Poughkeepsie Tapesis an eerie found footage movie that is largely fictionalized, but drew influence from several real life serial killers and murders — here's how much of the movie is real. Director John Erick Dowdle marketed The Poughkeepsie Tapes as being based entirely on real events in order to captivate audiences with the horrifying snuff movies, news reports, and interviews that encapsulate everything that took place in a basement in Poughkeepsie, New York.

John Erick Dowdle is best known for his horror movies, especially in the found footage sub-genre. His best known movie is 2014's As Above, So Below, but he's also been recognized for Devil (2010) and Quarantine (2018). While his filmography is not as lengthy as other directors in the genre, Dowdle's movies have made a lasting impact on the use of found footage as it has continued to develop from its roots in The Blair Witch Project. Found footage movies are some of the most captivating stories due to their ability to hint at some form of truth behind them and add elements of realism. Recently, Michael Goi's Megan Is Missing went viral on TikTok and, along with it, so have The Poughkeepsie Tapes. Both found footage movies offer disturbing depictions of kidnapping, assault on women and children, as well as murder.

While marketing for found footage movies informs audiences that what they are about to witness is almost entirely real, The Poughkeepsie Tapes is all fabricated with only a few shreds of truth utilized by Dowdle to create one of horror's most terrifying killers. The movie follows a team of investigators as they discuss the videotape recordings the killer kept as a keepsake they served as a reminder of each murder. The investigation uncovered 800 video tapes hidden in the basement of a house he rented. As the detectives dive into the unknown killer's mind, it leads them down a path more disturbing than they could have ever predicted. Despite the claim that The Poughkeepsie Tapes was based on a real life event, it wasn't. Instead, it was influenced entirely by past serial killers and their crimes as well as the exploitative contents of snuff films. Snuff films commonly depict obscene content, normally acts of real homicide. Cannibal Holocaust is considered a fictional snuff film based on its extensive use of bodily torture, murder, and cannibalism.

There is heavy debate in the film industry on which movies are depicting actual murders and acts of self-mutilation versus those that are staged. Actual filmed murders and executions do exist, but they weren't made with the intent to entertain an audience. The only real life murders and criminal acts that The Poughkeepsie Tapes can be tied to are Kendall Francois's ten murders, which took place from 1996 to 1998. According to local newspapers, Francois killed ten sex workers. Despite the influence his crimes may have had on the movie, he never recorded any of his crimes, which adds a further level of separation between the true story and what the film depicts.

The notorious serial killer Ted Bundy also influenced the found footage horror movie. No The Poughkeepsie Tapes, detectives interview Bundy in hopes of garnering some kind of insight or a pattern to help solve the crime. Surprisingly, the serial killer is complicit, and even attempts to help them find a motive by asking when he sexually assaults his victims. Bundy was executed in 1989 for the brutal murders of 30 known victims, but it's estimated that he killed many more. He primarily targeted women, much like the killer in The Poughkeepsie Tapes. Ultimately, the movie is somewhat based on real events, but only takes portions of them rather than adapting their full stories, as other horror movies have done. There were no actual snuff movies tied to any serial killer, and the character in the movie is original to the story.


Assista o vídeo: Oldest footage of New York City ever (Junho 2022).


Comentários:

  1. Mu'awiyah

    Sobre esse assunto, pode demorar muito tempo.

  2. Sobk

    Certamente. Foi e comigo. Podemos nos comunicar sobre este tema. Aqui ou em PM.

  3. Luciano

    Frase maravilhosa e sobre tempo

  4. Koen

    Sua ideia é brilhante

  5. Kemuro

    Desculpe-me pelo que estou ciente de interferir... nesta situação. Precisamos discutir.



Escreve uma mensagem