Artigos

Santo Anselmo de Canterbury e Autoridade Carismática

Santo Anselmo de Canterbury e Autoridade Carismática


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Santo Anselmo de Canterbury e Autoridade Carismática

William M. Aird (Escola de História, Clássicos e Arqueologia, Universidade de Edimburgo)

Religiões, 2012, 3

Resumo

O início da carreira do Arcebispo Anselm de Canterbury (c. 1033-1109) oferece uma oportunidade de explorar a operação da autoridade carismática em um ambiente monástico. Argumenta-se que a escolha de Anselmo para a sé arquiepiscopal de Canterbury em 1093 foi o resultado de sua crescente reputação cultivada durante seus anos como prior e abade do influente mosteiro normando de Bec. O artigo explora vários aspectos da autoridade carismática de Anselmo, incluindo seu desempenho de carisma, seu carisma acadêmico e reputação, e sua reputação como um homem santo que faz milagres.

A eleição de Anselmo (c.1033-1109), abade do mosteiro de Bec, na Normandia, para o arcebispado de Cantuária na primavera de 1093 foi um caso violento ([1], pp. 49-71). De acordo com fontes contemporâneas, a maioria das quais gerada pelo próprio Anselmo, ou membros de sua comitiva, ou outros escritores posteriores simpáticos a ele, o abade de Bec estava na Inglaterra a serviço de seu mosteiro e havia chegado à corte real em Gloucester para encontrar o rei, William Rufus (governou 1087-1100), filho de William, o Conquistador (governou 1066-1087), gravemente doente. Pensou-se que o rei estava prestes a morrer e os membros de sua corte o aconselharam a fazer as pazes com Deus libertando todos os prisioneiros, remetendo multas e libertando as igrejas cujas receitas ele mantinha em suas próprias mãos após a morte de seus titulares. .


Assista o vídeo: El Argumento Ontológico Modal (Junho 2022).


Comentários:

  1. Leverett

    É uma pena que não posso falar agora - não há tempo livre. Mas vou voltar - com certeza vou escrever o que penso sobre esse assunto.

  2. Harlak

    Bravo, ótima resposta.

  3. Atherton

    Eu acredito que você está errado. Eu posso provar. Envie-me um e-mail para PM, vamos discutir.

  4. Mccoy

    É simplesmente uma frase magnífica



Escreve uma mensagem